quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Inês Cruz: Por que é que o Hélio altera a voz?

Inês Cruz, o Hélio é um gás menos denso que o ar atmosférico que respiramos, e o hélio  quando inspirado faz com que as vibrações que passam pelas cordas vocais sejam distorcidas, deixando a voz mais aguda. O som produzido pelas cordas vocais, vibra na laringe, e a frequência da voz é interferido pelo tamanho das cordas vocais e da laringe, além da densidade do gás que a preenche. Quanto menos denso for o gás, maior a velocidade em que o som se propaga. O ar que respiramos é composto de 78% de Nitrogênio, que por sua vez é sete vezes mais pesado que o Hélio. Logo, quando é introduzido Hélio, menos denso, a velocidade com que se produz as ondas de som aumenta, e a voz torna-se mais aguda que o normal. Para voltar ao normal, é só esperar que o ar sem gás Hélio preencha novamente a região da laringe. A brincadeira é até interessante, mas saiba que ingerir muito gás Hélio pode prejudicar o seu corpo, ele pode saturar as vias respiratórias e o oxigénio será suprimido, podendo interromper a oxigenação do cérebro... por isso... cuidado!




Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário